Causas, sintomas e tratamento da cefaleia. Abordamos os tipos de cefaleia primária e secundária, cefaleias explosivas, agudas, subagudas e crónicas, cefaleia em salvas e cefaleia tensional. Tratamentos naturais, médicos e alternativos.


Tipos de Cefaleia

A Sociedade Internacional de Cefaléia reconhece mais de 150 modalidades de dor de cabeça.
As cefaléias são subdivididas em primárias e secundárias. As primárias são aquelas causadas por distúrbios bioquímicos do próprio cérebro. A dor é deflagrada pela disfunção de neurotransmissores. Neste grupo, incluem-se a enxaqueca, a cefaléia tensional, a cefaléia em salvas, hemicranias paroxísticas e outras. Assim, as cefaléias primárias são, ao mesmo tempo o sintoma e a doença.
As cefaléias secundárias são decorrentes de afecções em qualquer região do corpo e podem ser aneurismas, meningites, inflamações dos olhos, ouvidos, nariz e garganta e podem causar dor de cabeça. Felizmente, 90% das cefaléias são primárias. Entre elas a enxaqueca é a mais comum. A enxaqueca acomete principalmente mulheres, iniciando-se na infância, adolescência ou no adulto-jovem.
Caracteriza-se por hemicraniana, pulsátil, intensa, com duração aproximadas de três horas a três dias, acompanhada de náuseas, vômitos, fotofobia (dificuldade de olhar para a luz), fonofobia (intolerância aos ruídos, principalmente os mais agudos), piora com o esforço e melhora com o repouso. Muitas vezes é precedida por sintomas visuais (flashes de luz, retração do campo visual), sensitivos (domências) ou motores (fraqueza de um membro), com duração máxima de uma hora, que são denominados aura e ocorrem em 15% dos indivíduos com enxaqueca.

Conheça as causas da cefaleia
Conheça a classificação das cefaleias
Saiba como prevenir a cefaleia
Conheça todos os tipos de cefaleia e tratamentos adequados no índice de artigos sobre cefaleia

Índice dos artigos relativos a Cefaleia
POSTAGENS POPULARES

ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL